facebook

Siga no Twitter

Notícias

Como alimentar seu pet

Como alimentar seu pet

 

 

Será que você está alimentando seu animal corretamente?

Esta é a primeira coisa para checar quando se trata de ração e os nutrientes que contém nela. O principal em marca de rações – quer dizer todas, menos as baratas e desconhecidas – é que elas são testadas em laboratórios por cientistas, nutricionistas além de verificados vários outros aspectos. Olhe a sua volta: a maioria dos animais está em ótima forma e recebendo boa nutrição sem maiores gastos.

O ingrediente mais importante é a água. Animais saudáveis ingerem bastante água. A ração é seca portanto ao comerem, os animais bebem mais água. Eles precisam 2,5 vezes mais água do que ração, por isso eles bebem mais água do que comem. Não importa que tipo de alimentação que você dá à seu bichinho, desde que disponibilize água limpa e fresca e tenha certeza de que o recipiente de água nunca está vazio.

A maioria de nós tem uma noção básica do que seja carboidratos, proteínas e gorduras porque nos dias de hoje e com certa idade prestamos mais atenção a nossa própria dieta. Freqüentemente a dieta rotineira é baseada em não comer muita gordura e eliminar a maioria dos carboidratos ou ainda, cortar as calorias. Para o nosso animal, não muda muito a regra.

Nenhum animal é criado da mesma maneira. Combine a escolha de ração com o que seu amigo necessita. Você tem variados tipos de ração. Você provavelmente sabe como elas se parecem
e quanto custam. Exemplos:

Enlatados (Ração úmida) : Muito palatável, fácil digestão. Pode ser administrado juntamente com a ração seca.

Ração Seca: Tem o valor nutricional adequado, evita tártaros nos dentes.

Comida caseira: Eu não recomendo. Pq não dá pra saber todos os nutrientes que o animal vai ingerir. Só recomendo para animais que estão num pós cirúrgico ou doentes, apenas para não ficarem sem comer alguma coisa.

E a quantidade exata que ele deve comer?

O necessário de energia para seu animal baseia-se no peso e no nível de atividade que ele tem. Cheque o pacote e siga as instruções cuidadosamente. Se você alimenta seu animal duas vezes ao dia, divida igualmente a quantidade e separe os horários para as refeições.

Alimentando o seu animal conforme idade:

 

Filhotes
A dieta de um filhote deve conter nutrientes extras. Evite alimentar a mais seu filhotinho; sigas as instruções dos pacotes ou das latas de rações manufaturadas confiáveis. Algumas rações tendem à obesidade; alimentado mais do que o necessário nas idades jovens trará efeitos negativos a longo prazo.
• Animais Adultos
Adultos não precisam de dietas excepcionais. As principais marcas de ração são confiáveis e tem todos os nutrientes que seu animal precisa. Ajuste a quantidade pra manter seu animal no peso certo. Pense magro, não rechonchudo!
• Animais idosos
Geralmente depois dos 7 anos, animais mais velhos dependem de ração apropriada para animais de mais idade. Enquanto alguns possam apresentar menos apetite, outros podem tender a obesidade porque eles fazem menos exercícios.
• Grávidas
Animais prenhes ou amamentando sem dúvida precisam de uma dieta com extra energia. Má nutrição é ruim para seu animal e seus filhotes; siga corretamente as instruções para ter certeza de que ela está bem nutrida e com energia suficiente para ela e para prover leite para seus filhotes.

*Castrados: Após castração, o animal fica com o metabolismo mais lento, tendo tendência a obesidade. Administre ração para animais castrados.

Rações para cães que recomendo: (as que já adm para meus animais e gostei)

Pro plan

Royal Canin

Hill’s

Premier

Rações para gatos que recomendo: (Tb já usadas em meus animais)

Hill’s

Royal Canin

Pro plan

Existem inúmeras rações, mas essas são excelentes.  Confira as rações em www.dogloja.com.br

 

  • Fofuxosdog

Newsletter

Instagram